domingo, 19 de junho de 2011

Pensamento suicida

No silêncio deste quarto sinto o meu coração acelerar, é o medo sendo bombeado pelo meu corpo.
Em minhas mãos vejo o rastro do sangue que há poucos segundos passeava displicente por minhas veias.
Foi uma decisão tomada na consciência do meu livre arbítrio.
Sou totalmente responsável, não quero culpados.
Mergulhei num abismo.
O medo foi se esvaindo, dando lugar ao frio.
Vou embora pegando carona numa brisa que passa.
Voltar atrás nunca foi uma opção.                                         

“Se vale a pena viver e se a morte faz parte da vida, então, morrer também vale à pena...”
Immanuel Kant

2 comentários:

Silences and Screams disse...

Profundo .. e perfeito!

Robson Ojuarah disse...

gostei dos jogos de palavras nos versos, parabens

se possível, visite meu blog

www.semente-terra.blogspot.com

Postar um comentário

Followers